segunda-feira, 26 de abril de 2010

Uma Resposta Aos Que Me Consideram Uma Ameaça...com muito pesar, vos escrevo!


Qualquer um que observar direito vai perceber que a minha vida não é só cantar!

Mas há quem ache que só de música vive a Sarah Farias. Desde que me dei por gente, percebi que tudo que mexia com a minha fé e com o meu Deus me irritava profundamente. A palavra é essa mesmo: irritava. Não adianta eufemisar a reação que uma piadinha de mal gosto em relação à minha religião provocava em mim.

Aí vem alguém e manda uma mensagem pra mim:" Sarah, seu ministério é bonito. Detenha-se na música e deixa de perseguir os homossexuais. "

IN - CRÍ - VEL - a capacidade que esse pessoal tem de misturar verdade com mentira com cobertura de chocolate e servir como milkshake. Eu bem que poderia limitar-me apenas a cantar - se conseguissse. E perseguir homossexuais? Eu não sou uma perseguidora de homossexuais! Sou um atalaia que alerta o povo sobre os perseguidores da verdade absoluta da Palavra!; de quem pega um pedaço da Bíblia e interpreta a seu bel-prazer ou quando não, despreza a Bíblia acusando de ser um livro homofóbico.

E por falar em perseguidor da verdade vamos falar sobre esse tal de Luiz Mott (Na foto acima) - o maior líder gay do Brasil que deu uma entrevista no Programa do Jô na semana passada (Leiam o post anterior que copiei do blog do Júlio Severo), veja três momentos ameaçadores da entrevista:

O primeiro quando ele disse que o "S" de GLBTS, que todos sabem significa SIMPATIZANTE, siginfica "SUSPEITO" alegando que quem apoia a causa é suspeito de ser homosexual também, porém não assumido;

o segundo momento foi quando ele praticamente ameaçou a plateia quando o Jô perguntou se alguém queria tirar alguma dúvida, como a plateia ficou em silêncio, Mott disse que isso era uma forma de "homofobia cultural", taxando a plateia de "homofóbica". Isso é uma forma de ditadura, que os cegos, principalmente alguns evangélicos que defendem esse grupo, tão perigoso e profano;

E em outro momento Luis Mott é explicito em eleger "a herança abrâmica" - sim, ele utiliza essa expressão!! - como inimiga dos homossexuais; Logo eu e vocês somos inimigos deles por sermos PELA BÍBLIA considerados Filhos de Abraão - que horrooooorrrrrrrr! Mas também Mott se contradiz quando revela que ninguém nasce hetero, mas admite um gene gay. Não nasce hetero, mas gay sim. Jesus....quanta aberração!!!!


O que era pra ser apenas uma luta por um direito constitucional se tornou uma Chacina da Ideologia Cristã e da Cultura Hetero. Se o PL 122 for aprovado eu não vou poder dizer aos meus filhos que Deus condena o comportamento homossexual. E se eu falar qualquer coisa parecida e alguém denunciar vou ser tratada como uma assassina de humanos. É exatamente isso que tá errado: Conceder direito a um grupo e tirar de outro.


Quero deixar bem claro uma coisa pra vocês que me perseguem:

" Eu não sou uma cantora. Não apenas. Sou uma Ativista do Reino de Deus que compõe músicas e canta. Músicas que são, na verdade, uma apologia ao Evangelho. Minhas músicas não são palavrinhas elaboradas com cuidado pra vender, vender e vender. Elas são autenticos Editos que recebo entre uma experiência e outra na minha luta aqui em baixo, neste planeta que me abriga por enquanto. Sou uma Embaixadora - quer você creia, quer não, e sinceramente? sua opinião não muda em nada o que eu sou e o que vim fazer aqui na Terra.

Eu não consigo ficar quieta vendo o que o diabo está articulando. Não consigo. E se o meu Deus permitir, o barulho que faço em Alagoas farei no Brasil e no Mundo. Com toda minha elegância, carisma e autenticidade. Doa a quem doer. Já tem muita gente cantando até melhor do que eu por aí. E ganhando muito dinheiro fazendo músicas pra católico, espírita, macumbeiro, cachaceiro, etc. Eu, porém, escrevo pra o Reino. Não vendo, não dou e não troco com nenhum estrangeiro da fé cristã protestante. Essa é a Sarah. Se não for assim, não sou eu. E se você perguntar à minha mãe desde quando eu sou assim, ela vai dizer sem nem pensar: Desde que ela nasceu! eu não fui fabricada por um produtor ou um empresário. Fui fabricada na olaria da vida, pelas mãos de um verdadeiro Pai que tem seus interesses eternos e nobres pisados diariamente pelos seus próprios filhos.

Não sou inimiga. Quando precisarem de mim, estou aqui. Não sou egoísta e me procupo sim com a fome, com a guerra e com problemas sociais diversos. Mas, minha missão específica é essa. Não dá pra falar mais sobre isso porque o Espírito só me permite até aqui.O que Deus tem comigo é estreito, talvez vocês nunca entendam. Eu apenas obedeço a um clamor que já nasceu comigo. Ou eu vivo isso ou eu morro por isso...E muito cuidado na hora de mexer com isso! "
Grata,

Sarah Farias

7 comentários:

Thaisa disse...

Um dos princípios que mais assegura um Estado Democrático como o Brasil é a liberdade de expressão, pois garante a diversidade de opiniões, objetivando uma convicção soberana, livre e popular sobre qualquer matéria. Fundamentado neste princípio, todo cidadão tem direito de opinião (inclusive desfavoráveis), de imprensa, de informação, defesa de ideologia e de apologia também, sendo proibida a censura.
Completamente implícita no campo da liberdade de expressão está a liberdade religiosa, também garantida pela Constituição como Direito fundamental. O art. 5°, VI expressa : “é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e suas liturgias”.
Assim sendo, "liberdade de expressão" significa que o Estado não interferirá no que seus cidadãos dizem ou deixam de dizer e, “liberdade de crença” significa que o Estado não interferirá no que seus cidadãos crêem ou deixem de crer.
Nós, cristãos, cremos em uma única verdade: a Bíblia é a Palavra de Deus e nela está escrito: “Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é”. (Levítico 18:22)
Se o Estado começa a legislar no sentido de limitar a liberdade de expressão ou liberdade de crença, nosso regime estatal deixa de ser democrático e se torna totalitário.
Transformar a própria necessidade de auto-afirmação homossexual em obrigação geral, ratificada em lei, é gerar um conflito desnecessário de normas. Desnecessário porque, independente de lei de proteção ao homossexualismo, a nossa Constituição já menciona que “Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade”.
Somos livres pela lei dos homens e pela lei de Deus. O Senhor nos deu livre arbítrio para escolhermos se queremos ser chamados de filhos de Deus, obedientes ao Pai, ou de criaturas de Deus, os que foram criados mas que são entregues à própria sorte por rejeitarem o conhecimento de Deus. Vejamos o que diz Romanos 1; 24-32
24 Por isso Deus os entregou, nas concupiscências de seus corações, à imundícia, para serem os seus corpos desonrados entre si;
25 pois trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura antes que ao Criador, que é bendito eternamente. Amém.
26 Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza;
27 semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro.
28 E assim como eles rejeitaram o conhecimento de Deus, Deus, por sua vez, os entregou a um sentimento depravado, para fazerem coisas que não convêm;
29 estando cheios de toda a injustiça, malícia, cobiça, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, dolo, malignidade;
30 sendo murmuradores, detratores, aborrecedores de Deus, injuriadores, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes ao pais;
31 néscios, infiéis nos contratos, sem afeição natural, sem misericórdia;
32 os quais, conhecendo bem o decreto de Deus, que declara dignos de morte os que tais coisas praticam, não somente as fazem, mas também aprovam os que as praticam.
Nada ou nenhuma lei vai mudar o que cremos.
Durante toda história, sempre fomos perseguidos, humilhados e tantas vezes debochados pela mídia. Agora não temos mais liberdade de expressar a verdade bíblica? Será que precisamos fazer uma lei para coibir a “cristãfobia” ?

laura disse...

Sarah que Deus continue te usando como vaso nas mãos Dele.Minha querida o que precisar estamos aqui no Mato Grosso Do Sul orando por você e seu ministério!!!!Parabéns!!!!

Cristina disse...

SARAH,que DEUS continue,te usando,você é um vaso nas maõs DELE,conte com minhas orações,estarei orando pelo seu ministerio,DEUS te abençoe em nome de JESUS!!!fica na paz de CRISTO...

Tatiana Lira disse...

É ISSO AÍ MINHA IRMÃ!!! CONTINUA DEIXANDO DEUS TE USAR!!! E AVANÇAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!DEUS É CONTIGO CRENTE!!! ELES VÃO PERDER ESSA GUERRA!!! DEUS ESTÁ CONTRA ELES E AFAVOR DE NÓS ENTÃO SOMOS MAIS QUE VENCEDORES!!!

Thaisa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
marcos soares disse...

Sarah ...manda brasa e manda fogo! o povo precisa ouvIr mesmo o BARULHO que vc tem q fazer! e q barulho santo vc faz heim baixinha arretada!
;) QuE Deus continue te usando tremendamente assim.... como vc é ,vc é um Benção. Te amo em Cristo Jesus. a PAZ DE cRISTO ESTEJA CONTIGO.

PatriciaLaranja disse...

os COVARDES VOLTEM DIZ O SENHOR!!! MENINA UNGIDA SIGA ENFRENTE POIS A MÃO DO SENHOR ESTÁ SOBRE TUA VIDA. DEIXO UMA MSG PRA VC. os elogios não me ludem as criticas não me abalam sou o que sou não o que dizem, TE AMO.