terça-feira, 3 de novembro de 2009

Amor ou Possessão? Amor ou Obsessão? Amor ou Egoísmo?










Uma pessoa falou comigo, ontem, 2, a respeito de seu relacionamento amoroso com um rapaz que a "ama" muito, porém esse amor a tem deixado pesada, sufocada e o pior: incompleta e frustrada.

Bem, eu louvo a Deus porque na Sara Nossa Terra, eu aprendi o que é, essencialmente, AMAR, SER AMADO, TER SUA INDIVIDUALIDADE, RESPEITAR O ESPAÇO DO OUTRO, ETC...

Infelizmente, muitas pessoas confundem seus sentimentos e se deixam enganar pelas dissimulações dos outros. Achei importante publicar minha opinião sobre o assunto porque tenho visto muitas pessoas "sufocadas por amor". É horrível, visto que, nem sempre voce pode fazer alguma coisa pra ajudar.



Eu aprendi isso na Sara: quem ama, libera! Quem ama, respeita!



Essa jovem já foi apaixonada, porém, com o passar do tempo, foi vendo o comportamento egoísta, controlador e obssessivo do namorado. O cíume é bom até certo ponto, mas quando parte para as chantagens emocionais, ameaças, choros excessivos...é bom analisar. Uma pessoa obsessiva acha que ama, e o cônjugue, geralmente, permanece na relação por pena e não por amor. Só que, o que o obsessivo não percebe é que TUDO que ele faz pelo outro é fruto de seu egoísmo, de sua inseguraça emocional e seu desejo de prender o outro como um objeto de desejo seu - tá repreendido! Isso não é amor! Pessoas assim nunca entendem porque seus relacionamentos terminam do mesmo jeito: De uma hora pra outra. Só que, o processo foi longo e a pessoa não esperava ser abandonada apesar das ceninhas, dos choros, dos" problemas familiares" - porque os obssessivos inventam e aumentam TUDO. Criam situações para chamar a atenção do outro, principalmente quando sentem que estão perdendo.

- Minha cara, é laço! Saia imediatamente!

A irmã de uma grande amiga minha terminou o relaciomanto recentemente pelo mesmo motivo. Ela agora se sente leve, aliviada - o que não quer dizer que não esteja sofrendo com o rompimento. Não adianta casar com uma cruz. Já bastam nossas responsabilidades diárias, nossos desafios, e , ao invés de voce fazer uma aliança com alguém que te completa, que lhe transmita segurança e confiança, voce vai arrumar mais um desafio, mais um peso...isso não é de Deus!


Tudo que Deus trás trasmite COMPLETUDE. A bispa Lúcia Rodovalho (Brasília - DF) falou algo interessante, ontem, 2, no Congresso da Mulheres Vencedoras, Centro de Convenções, Maceió, ela disse que, quando o Bispo Robson, seu esposo, foi eleito deputado, as pessoas ficavam perguntando: - voce não está triste porque vai perder seu marido pra política, pro povo, ele não vai parar mais em casa..? Ela respondeu: - Não, estou muito feliz porque estou vendo meu marido realizado!!!...Que lindooO, que fofooO!

Quando voce ama, voce quer proporcionar felicidade ao outro. Quer vê-lo feliz, com o sorriso de um canto ao outro da orelha. Não importa se voce não tiver aquela pessoa 24 horas olhando pra voce, ouvindo voce, andando com voce. Importa que sejam um no Senhor, que temam a Deus e se respeitem, que sintam saudade um do outro. Isso é completude.

Então queridos, cuidado com esse amor que não é amor. Cuidado com esse amor que faz de voce apenas uma peça no quebra-cabeça da outra pessoa, tipo: um noivo(a) pro casamento já montado; um homem/mulher pra uma casa; um pai/mãe pra filhos idealizados; um dinheiro extra para projetos pessoais já traçados...Não somos objetos dos sonhos dos outros, somos FILHOS DE DEUS e merecemos FILHOS DE DEUS, que vão se completar em um projeto simultaneo de sucesso para ambas as partes - sem frustração, sem peso, sem remorsos! Agora, analise se o que voce vive é amor mesmo à luz da Palavra:


O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece.
Não se conduz de maneira inconveniente, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
Não é injusto, mas folga com a verdade;
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. I Co 13

11 comentários:

Jéssica disse...

Por isso, esperemos confiantemente no Senhor... e Ele nos dará o melhor!!

Salmos
27:14 Espera no SENHOR, anima-te, e ele fortalecerá o teu coração; espera, pois, no SENHOR.

Deus abençoe a todos!

Prilider disse...

É isso mesmo Sarinha!!
Sou noiva + todos os dias eu oro peço comfirmação a Deus!
Quero realizar meus sonhos diante a vontade de Deus!!

"11deAgostoMaceió DE JOELHOS pela Segurança" disse...

Vocês são lindas e papai do céu tem cuidado né..?

Bjussssssss

Flávia Mello disse...

Sarah, é verdade tenho visto tantos relacionamentos destruídos por causa das obsessões de pessoas com essa doença, pois é uma "doença", contagiosa.
Não adianta,pois quando um dos parceiros se contamina com o pseudoamor, sua vida é destruída pelas paranoias, pelas feridas da alma.
BJos!!!!!!

Flavinha

jemima disse...

Amei essa materia estava mesmo precisando...
parabéns!!! q Deus continue te abençoando

Aline Michelle disse...

Muito Boa essa matéria....Sou apaixonada pelo capitulo 13 de 1 Corintios, acho que se as pessoas conseguissem assimilar, sim assimilar pois muitas leem mas não entendem, o que de fato é o amor, vidas seriam transformadas, valores seriam recuperados, e relacionamentos seriam restruturados. Esta com alguém, ou amar alguém nunca foi e nunca será direito de posse sobre a outra pessoa. Acredito muito no dá sem esperar nada em troca...deixar livre, para que volte se realmente faz parte de ti. E sem dúvida quem ama deseja ver a outra pessoa FELIZ, e alcança também a felicidade pelo bem estar do outro.

Amei essa matéria...

Você é uma Bençãoooooooooo!!!

Bjusssssss....

Quipapá te ama!!!!!!

Sarah Farias WatchGirl disse...

Meninas, fico feliz em saber que voces gostaram da matéria..quando escrevo achei que chocaria um pouco, mas..pelo visto..foi um divisor de águas né?

Bjussssssssss

camilla disse...

Foi muito bom.. Acho isso uma coisa muito impotrante que deve ser sim divulgada. bjs

Silvan Sapucaia disse...

Glória a Deus pela Palavra!

Uma outra questão que tenho observado é o fato de ALGUNS jovens evangélicos estarem se casando muito cedo para fugir das tentações da carne, até aí tudo bem (é tolerável), mas o que preocupa (pelo menos em alguns casos que testemunhei) é que firmam a união sem ao menos montar uma estrutura econômico-financeira mínima adequada para se viver a dois (o que não impedem que construam durante a União) e a solução é recorrer a família (pais, irmãos, tios etc), mas há jovens que se quer buscam ingressar numa faculdade para que no futuro venham a desfrutar de bom emprego (por exemplo).

Alguns se preciptam em relação a relacionamento e esquecem que DEUS tem o melhor para nossas vidas, outros preferem se envolver com pessoas não evangélicas (nada impede que venha a se converter, mas há um risco nisso - o convertido pode se afastar dos caminhos do Senhor).

Sarah Farias WatchGirl disse...

Perfeita a sua colocação, Silvan!

Podemos discorrer mais sobre o assunto posteriormente..

Obrigada pela participação!

Larry Laudissi disse...

Eu sou o obsessivo da historia mas nao queria ser queria fazer ela feliz quero q ela seja feliz, ela nao quer ser mais feliz comigo o q devo fazer? Deixar ela ir p provar q meu amor nao é mesquinho e q eu so penso em mim?!. Ou lutar p mudar e tentar me torna una pessoa melhor p mim p ela e p nos, isso é obsessao ou apenas evoluçao?