terça-feira, 18 de novembro de 2008

Me Arrependi de Votar no Lula...

Gente, é por isso que eu me arrependi de VOTAR NO LULA, leiam por favor:


Ministério da Educação vai distribuir livro sobre diversidade sexual em escolas
Ministério da Educação vai distribuir livro sobre diversidade sexual em escolas Julio Severo O Ministério da Educação, que está envolvido no programa federal Brasil Sem Homofobia, distribuirá livro que apresenta o homossexualismo como mais uma alternativa de vida. A iniciativa começará pelo Estado do Rio de Janeiro, onde cerca de 1.600 escolas estaduais receberão um material “educativo” sobre como valorizar a diversidade sexual dentro do ambiente escolar.O livro “Diversidade Sexual na Escola”, de Alexandre Bortolini e publicado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), servirá como instrumento para os professores abordarem questões homossexuais em sala de aula. As questões tratadas abrangerão sexualidade, gênero, comportamento, religião, ética e violência. O objetivo do Ministério da Educação ao distribuir o livro nas escolas é fazer com que educadores e alunos percam quaisquer visões contrárias ao comportamento sexual e se abram para uma nova perspectiva na questão da homossexualidade, travestilidade e transexualidade na escola. O projeto, incluindo o livro, foi financiado pelo Ministério da Educação, por meio da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (Secad/MEC). A distribuição será feita a partir de uma parceria com a Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro, conforme informações do site homossexual “Não Homofobia!” O site “Não Homofobia!” tem como objetivo coletar apoio e assinaturas para a aprovação do PLC 122, que transforma em crime opiniões contrárias à agenda gay. Se aprovado, o PLC 122 transformará em criminoso qualquer pai ou mãe que se opuser à doutrinação homossexual de seus filhos em sala de aula. O simples fato de um pai ou mãe dizer para o filho que homossexualismo é pecado poderá resultar em conseqüências criminais como multas, prisão e perda da guarda dos filhos. O controle da área da educação é uma reivindicação antiga do movimento homossexual. Com a doutrinação homossexual patrocinada pelo governo nas escolas, crianças e adolescentes serão sistematicamente treinados, sob a força da lei, a desafiar opiniões que não respeitam a agenda gay. Por sua vez, os pais terão cada vez menos liberdade de abrir a boca, sob o risco de serem denunciados como “homofóbicos” por qualquer mínima contrariedade ao homossexualismo. Fonte: http://www.juliosevero.com/

9 comentários:

Saulo disse...

Bem, diante do exposto o governo Lula quer fazer a parte hétero do Brasil, a começar pelo Rio, engolir desde cedo que o homessexualismo é uma opção a ser seguida.
Nós não vamos digerir essa informação e como pai, meu filho será, no mínimo, conscientizado de se retirar da sala, porém a liberdade de expressão contida na CF não pode obrigar os educadores a tal disparate. Daqui a pouco vão ensinar como assaltar, matar, quebrar senhas na internet ... tudo isso em sala de aula; como não? Não é em nome da liberdade. Assim como todas as praticas supracitadas são crimes, o ensino do homessexualismo nas salas de aulas é tão maléfico quanto, pois, se Monteiro Lobato disse que "um país é formado por homens e livros", eu digo que Uma Nação é formada por homens, mulheres, casamento, filhos e famílias.
A troco de que Lula está fazendo isso?
Minha predrinha está lançada, vamos derrubar o gigante!!!
Fiquem com Deus e Sarah, parabéns pelo blog!!!

Saulo disse...

Da orientação sexual dos meus filhos cuido eu e minha esposa, portanto, no máximo, servirá para confundir as pessoas que não tem essa orientação.
Pessoal, forças que partem separadamente com intuito de alcançar o mesmo objetivo e vão separadas, surtirá o mesmo efeito quando forem unidas?
União pela oração, jejum, ensinamento, apologética e um milhão de assinaturas para dizer não a esta imposição de uma minoria, que já venho estudando a muito tempo e tenho conhecimento da violação moral (almática) que sofreram e como isso acontece.

Sarah Farias WatchGirl disse...

Demais primo , como sempre, vc escreve muito bem!

Saulo disse...

Obrigado prima, penso que seja minha preocupação em colocar no papel tudo aquilo que penso,com a intensidade que vivo, assim como a leitura e interpretação do mundo.

Tenho pensado bastante sobre a atual conjuntura familiar na sociedade pós-moderna e posso afirmar que um adulto com seu caráter formado, dificilmente, deixará de ser hétero, entretanto, quando este em formação sofre violações, no futuro, quando não sarado poderá ocasionar o que chamo de a implosão hétero do indíduo consciente, onde ocorrerá a decisão.
Em outra oportunidade, posso detalhar o que pesa na hora da decisão, vou comertar um ponto; na atualidade com movimento feminista em alta e machismo em que queda, quem ganha?
O lado bom do machismo é que ele conseguiu, manter a mulher em casa, entre muitos fatores positivos, fortalecia a identidade dos filhos... Com a ascensão feminina no mercado, além da ausência dos pais, o sucesso feminino no mercado de trabalho (100% das profissionais que entrevisto garante que se pudessem largavam o emprego para cuidar dos filhos, elas estão arrenpendida de terem ido ao mercado de trabalho - Concordo que deve haver equílibrio e sabedoria, pois, a mulher deve e tem direito de se realizar profissionalmente)fez com que muitos homens aflorassem seu lado "feminino", impusionado por psicólogos e antropólogos(vale salientar a maliciosa e maldosa letra da música de Pepeu Gomes "Masculino e Feminino"), que na administração chamamos de Pensamento Sistêmico, pois pelo histórico da administração da casa, dos filhos, dos gastos familiar etc... A mulher foi treinada durante anos a pensar no todo e não em trazer o dinheiro (o sustento) para casa.
Diante disso vêm várias outras implicações, que dão para comentar aqui, acho que só em um livro quem sabe?
Posso afirmar: Jesus não se descobriu O Filho de Deus aos 30;
Hitler não acordou adulto com a idéia de ditador;
Bin landen e Virgulino Ferreira, o Lampião, também não.

Sua família, quem és;
Seus frutos, seu caráter;
Seus amigos, como estás;
Seu projeto de vida, quem serás.

Até a próxima pessoal!!!

Nessa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
vanimota disse...

Irmã a problemática do homossexualismo é muito complexa. Precisamos atrair esse pessoal para as igrejas e deixar que Deus atue nessa área tão íntima. Pois discriminação é crime e temos que respeitar aos nossos irmãos. Aos olhos de Deus não exite pecadinho nem pecadão.

Sarah Farias WatchGirl disse...

e a liberdade de expressão é crime também?

Daniele Lima disse...

A verdade liberta irmã!!!!!
Sou evangelica e educadora ha 6 anos, trabalho principalmente com jovens e adolescentes.
Acredito que todo cristão deve ser contra a homofobia! A homofobia define o ódio, o preconceito, a repugnância que algumas pessoas nutrem contra os homossexuais. Que se reflete na forma de calúnias, insultos verbais, gestos, e em algum casos extremos em agressoes fisicas e assassinatos. A "miss gay" de Arapiraca foi morta na mesma semana que ganhou o concurso na cidade!
Tenho dois filhos homens e com certeza não vou ter receio algum de mostrar a eles desde cedo "o que eh o homossexualismo" pois acredito na educação que estou dando a eles, que mesmo conhecendo a realidade das drogas, do homossexualismo, da prostituição etc, sempre farão a melhor escolha!
AFINAL: EH A VERDADE QUE LIBERTA!!!
Como Cristãos temos que abomidar o pecado mas NUNCA o pecador!
E como pais de familia, temos que ensinar nossos filhos a respeitar todas as pessoas, idependente de suas escolhas!
Com toda certeza vou utilizar este material em sala de aula! E digo mais, já deveria ter sido publicado ha mais tempo!
Daniele Lima

vanimota disse...

Eu concordo na íntegra com a irmã Daniele Lima, a cartilha do governo ensina o respeito e a tolerância.
Respondendo a pergunta da irmã Sarah "e a liberdade de expressão é crime também?" NÃO, mas a "Liberdade de Expressão" não credencia ninguém contra as minorias.