terça-feira, 24 de agosto de 2010

Ouro Branco, Sábado, 14, Ago


Desde o início do ano, quando cantei lá, foi marcada esta agenda. Lembro do Marquinhos - um jovem simples e muito dinâmico me contando detalhes do que seria o I Congresso de Jovens da Igreja Batista em Ouro Branco, o evento teria como tema: " A Promessa é de Paz", inspirado na primeira música do nosso CD ao vivo, aconteceria no sábado e domingo e eu estaria com a banda - ao vivo!

A princípio fiquei preocupada com a proporção do sonho dele, visto que, Ouro Branco é uma cidade pequena, sem recursos, localizada no sertão das Alagoas....como ele suportaria ver seu sonho abortado pela dura realidade de seu município? Mesmo assim, ouvi atenciosamente seu plano, olhei seu projeto e autorizei que Jeysa reservasse a data. Levar a banda pra dois dias é um tanto pesado no tocante a recusrsos. Quando é play back, só vamos eu e Jeysa; comemos pouco..srsrrsrs, é combustível pra um carro só; ficamos em hotel; na casa do pastor ou de algum irmão, mas quando vamos com banda, levamos uma equipe de 9 pessoas além de mim. São 5 músicos, 2 holders, o motorista e a Jeysa. Além do cachet deles, tem hospedagem, alimentação e o transporte. Agora, imaginem DOIS dias...sábado e domingo....

O tempo foi passando e a agenda marcada. Jeysa me dizia: - Tá tudo certo! E eu, receosa.

Quando preguei no sábado a tarde, o pator me levou pra caminhada. Marquinhos estava em cima de um trio e a juventude da Igreja levava faixas, bolas, neste momento, o pastor começou a chorar dentro do carro. Não tem nem três anos que ele chegou naquela cidade, a maioria daqueles jovens são novos convertidos, ele, simplesmente, não acreditava que tinha dado certo. Meus amores, não aguentei, comecei a chorar também - ficamos li glorificando ao Senhor.

O culto a noite, era em Praça pública. O palco tava lindo com a luz e o som. Era tudo muito grande pra o que o povo de lá estava acostumado a ver. Os irmãos pareciam não acreditar que os crentes poderam fazer um espetáculo daqueles. Tinha caravana de vários lugares: Canapi, Mata Grande, Maravilha, Águas Belas - PE, Junqueiro. A abertura foi um teatro com coreografia, depois eu entrei com banda, e , em seguida, a Palavra com o pastor Antônio - um carioca que está aqui pastoreando em Mata Grande.


Marquinhos me contou que em um dado momento, a Prefeitura quase desistiu de apoiar o congresso. Uma das organizadoras m edisee que já tinha até planejado ir embora da cidade caso o evento não acontecesse, pois tinha conseguido patrocínio de vários lojistas da cidade e ficaria envergonhada. Eles ficaram até 1 hora da madruga aguardadndo a tal ajuda. Na sala com algumas pessoas importantes da cidade, eles pregaram a Palavra e foram recebidos com muito respeito e temor. Uma das garotas da comissão organizadora do congresso tem uma tatuagem na mão que fez quando ainda não estava na Igreja, esta, me contou que tinha uma vida totalmente promíscuaantes de aceitar a Jesus - a pouco mais de um ano atrás.


Sobre o domingo, conto mais na frente, ok? Só adianto que foi tremendo!!!!!


Bjimnnnnn

4 comentários:

Abigail disse...

Que lindo
Quanta FÉ...

Elisyanne disse...

É assim que Deus faz!!!!

Sarah Farias WatchGirl disse...

Aménssss!

Bmpelafé disse...

"o pastor começou a chorar dentro do carro. Não tem nem três anos que ele chegou naquela cidade, a maioria daqueles jovens são novos convertidos, ele, simplesmente, não acreditava que tinha dado certo. Meus amores, não aguentei, comecei a chorar..."
Só vc??? duvido que alguém que leu isso não tenha marejado os olhos.