terça-feira, 23 de março de 2010

Um Homem Precisa Ter Critérios ::: E, Nós Mulheres, Também - Lógico!



Antes de tudo, que bom saber que Deus tem usado nosso blog pra abençoar a vocês - meus amores!

Eu tive a rica oportunidade de REdescobrir recentemente a importância dos critérios em nossa vida. Critério é a faculdade de distinguir o verdadeiro do falso, o bom do mau; é a capacidade, autoridade para criticar. E quando se trata de vida a dois são os nossos critérios que vão diminuir a nossa margem de erro. Ter critérios NÃO é escolher demais como também NÃO é ser preconceituoso. Ter critérios é tão somente escolher de forma saudável, é saber o que não dá pra negociar.

Só tem critérios quem tem personalidade. Um homem sem personalidade não consegue formatar nem a si mesmo... quanto mais suas escolhas. Um homem sem personalidade é um desconhecido pra ele mesmo. É um "Zé Ninguém".
Peguei pesado né meninos? Mas vocês vão gostar de saber disso. Sabe aquele tipo de homem "caiu na rede, é peixe!"? Pois é... este tipo aí trata todo tipo de mulher por igual, ele não consegue distinguir o que é ouro e o que é bijouteria. Isso é serio, garotas! As bijouterias amam .... mas "as ouros" detestam! Se voce sabe que é ouro você sabe que merece um tratamento diferenciado. Os elogios, a forma de se dirigir a você, a forma de olhar, de falar, de ouvir NÃO podem ser iguais - não mesmo!

Quem quer ouro - tem que saber garimpar!

Olha que horrorrrrrrrrrr - gente!

Fiquei embasbacada com a história de uma jovem muito linda, educada, atraente e generosa que casou com um dos rapazes mais crentes da Igreja. Eles eram apaixonados um pelo outro. Ele a tratava como uma rainha. Hum...Casaram. Um espetáculo de festa de casamento. Em menos de três anos ele a trai com uma mulher qualquer que conheceu na rua. Ao descobrir o adultério, a esposa perdoou mas não tolerou. O cara se ajoelhou aos prantos pedindo pra que ela o aceitasse de volta, mesmo assim ela não o aceitou. Bem, pelo menos, respaldo bíblico ela tinha né? Se houver adultério a Bíblia permite o divórcio.

Fiquei ouvindo aquela história e pensando cá com meus botões: Esse cara nao tinha critérios! Ele tinha uma esposa que além de ser linda e virtuosa, o amava, era submissa. Ele tanto sabia disso que não queria perdê-la. Mas ele tinha mais ambição do que competencia. Queria ouro mas não estava habilitado pra isso. Era um autêntico "Zé Ninguém". Bonito...mas um Zé Ninguém!

Veja que ele a tratava bem...o problema é que ele tratava TODAS muito beeeeeeemmmmm! Quando na realidade devia sua veneração a apenas UMA - a sua, a escolhida! Mas, outrossim, porém, é que ele não a escolheu, exatamente - acho que ela apareceu, se destacou, caiu na rede! Foi como se pra ele foi uma questão de SORTE e NÃO de ESCOLHA! Um homem criterioso escolhe e sabe muito bem quem ele está elegendo para ser sua. Por isso ele faz questão de dedicar-se, de forma especial, unica e exclusivamente à sua esposa. Homens assim fazem valer a pena uma aliança.

Conheço homens assim. Tenho amigos que são assim. Eles existem. Mas, conta-se a dedo!

Meu pai é um desses. Meu pai é meio chato (K entre nós), mas se tem uma virtude que ele tem é essa: Ele sabe porque escolheu minha mãe! Ele sabe que não foi sorte! A conquistou com cartas românticas, ajudando em trabalhos dos colégio (ele era muito inteligente), apreciando com cuidado pra não assustar. E sempre a tratou diferente das outras mulheres. Favores, caronas, elogios e muito bate-papo....nunca vimos nosso pai fazendo isso com nenhuma mulher de fora - nem mesmo com as amigas de minha mãe. Isso passa uma segurança pra mulher!!! E digo mais ...isso tem haver com o caráter e não com a religião!

Tentem comparar Ronaldo - o fenômeno com o Kaká....entenderam agora? Pra Ronaldo tanto faz sua personalidade, seus valores, sua beleza, seu jeito, sua maneira de se vestir, sua inteligência...serve até travesti (me permita a expressão)! Olha como isso frustra a mulher: Não adianta o quanto você é especial..ele vai te expor da mesma forma assim que der na teia. Que horrroorrrrrrrrr! Já o Kaká....o Kaká tem critérios e não os negocia pra dar uma de "gostosão" (me permita a expressão 2..rsrsr). Ele poderia ter qualquer mulher do mundo mas escolheu a Carol e sabe o quanto isso lhe custou! Gente..ele raramente sai sem ela! Ninguém vê nem uma fofoca dizendo que Kaká se quern deu uma "olhadinha" em alguém pela Europa a fora.

Se um dia ele falhar...eu retiro as linhas que dediquei a ele, mas até aqui...ele é o cara!

Meus amores, acho que passei o recado né!?

Se cuidem tá....beijimns

8 comentários:

Jazanias Oliveira disse...

Na verdade, adultério (gr. moicheía) não dá permissão para divórcio, é um outro caso (gr. porneía) que permitiria isso. Adultério prevê pena capital, cumprindo os devidos trâmites legais da Lei. O adultério é consequência do novo casamento d@ divorciad@, segundo Mt 5:32; 19:9.

A cultura judaica tem um aspecto diferenciado no seu noivado, por isso a cláusula de exceção. Melhores explicações encontram-se nos links seguintes:

http://bit.ly/ark03Y [Esse seria prioritário]

http://bit.ly/bgY16w

Deus odeia o divórcio! O divórcio é fruto da dureza de coração.

“13 Ainda fazeis isto: cobris o altar do SENHOR de lágrimas, de choro e de gemidos, de sorte que ele já não olha para a oferta, nem a aceita com prazer da vossa mão.
14 E perguntais: Por quê? Porque o SENHOR foi testemunha da aliança entre ti e a mulher da tua mocidade, com a qual tu foste desleal, sendo ela a tua companheira e a mulher da tua aliança.
15 Não fez o SENHOR um, mesmo que havendo nele um pouco de espírito? E por que somente um? Ele buscava a descendência que prometera. Portanto, cuidai de vós mesmos, e ninguém seja infiel para com a mulher da sua mocidade.
16 Porque o SENHOR, Deus de Israel, diz que odeia o repúdio [divórcio] e também aquele que cobre de violência as suas vestes, diz o SENHOR dos Exércitos; portanto, cuidai de vós mesmos e não sejais infiéis.”
(Malaquias 2)

“Todavia, aos casados mando, não eu mas o Senhor, que a mulher não se aparte do marido.
Se, porém, se apartar, que fique sem casar, ou que se reconcilie com o marido; e que o marido não deixe a mulher.”
(1 Co 7:10-11)

Penso que os dois links contribuirão para um aprofundamento no tema.

Graça e paz àqueles que amam a Deus e querem construir famílias fortes nos termos de Deus.


Jazanias

Jazanias Oliveira disse...

Voltando ao ponto principal. : )

Venhamos e convenhamos, tá difícil encontrar uma garota que contribua para a edificação de um lar forte, e o mesmo se dá no lado contrário.

Eu conheço um "ouro" — uma mina, :D —, apesar de termos divergências, creio que, com a graça de Deus, eu poderia purificá-la pela lavagem da Palavra, tornando-a um ouro mais reluzente. Ela também seria um instrumento para o meu aperfeiçoamento. O problema é encontrá-la, seja por telefone ou pessoalmente.

Tem gente que cava mas não encontra. Há quem fique em águas rasas e, mesmo assim, encontra verdadeiras pérolas.

Mas a minha esperança está em Deus, não na minha habilidade de cavar ou ferramentas utilizadas: “A casa e os bens vêm como herança dos pais; mas do SENHOR, a esposa prudente” (Pv 19:14)

Falando em ferramentas, será possível encontrar "ouro" utilizando rosas? : )


Jazanias

Sarah Farias WatchGirl disse...

Jazaaa!!!!

rsrsrrrsrrsrs

Sarah Farias WatchGirl disse...

Mas voltando ao ponto "menos principal"...rsrrs

Deus, mesmo odiando, permitiu o divórcio pela dureza do coração humano.

Isso é um fato. Não que eu apoie o divórcio.

O que aconteceu com esta jovem foi uma grande defraudação da parte do conjugue dela! Ela fez tudo direitinho.

Hoje, ela está casada com um verdadeiro homem de Deus e já tem uma linda criança.

Juliana disse...

O mais difícil é e sempre foi encontrar um homem de princípios e valores genuínos, essa é a questão, há muitas jovens e mulheres desesperançoras pois o comportamento do gênero masculino tem piorado cada vez mais, e isso é fato tanto fora que não é novidade, quanto dentro das igrejas, homens moralistas e performistas no altar e fora da igreja verdadeiras cobras. Já conheci vários assim, e digo conheci não de namorar, mais amigos, colegas, conhecidos, parentes, misericórdia.
A maioria é machista, falsos, hipócritas, mediocres, mas restam alguns raros, sorte das que acharem primeiro. Ninguém muda ninguém, nem lapida ninguém, somente Deus é capaz de realizar tal transformação agindo com a vontade de mudar do outro.

Sarah Farias WatchGirl disse...

É..infelizmente, Juliana, isso é um fato!

Norma Cunha disse...

A paz do Senhor flor...

Um certo dia minha mãe testemunhou na nossa igreja sobre nossa família, e ela disse que nosso Deus fez o meu pai e jogou a fôrma fora...kkk...axo que Deus fez o mesmo coma fôrma de seu pai...kkk
Tenho um amigo tbém assim...Deus o fez e jogou a fôrma fora...hoje esta casado com uma mulher abençoada.Certo dia ele me disse que se um dia ele descobrir que não é ela que ele verdadeiramente ama, Deus estará usando eles para levar a palavra para aqueles que precisam ouvir.
Amei esse tema, e realmente existe muitos achando que bijuteria é igual a ouro, e por isso se perdem.
Florzinha...gostaria de saber mais sobre seus cd´s e principalmente play-back´s pois sou levita.

Bjinhos e fica na graça do nosso DEUS...

Sarah Farias WatchGirl disse...

Manda pra o nosso e-mail seu contato Norma...e aí providenciaremos!